MIA - Seção em Português
Clóvis Moura
foto Clóvis Moura
1925-2003

 

“Clóvis Steiger de Assis Moura nasceu em 1925, em Amarante, no Piauí. Ingressou no PCB nos anos 1940, trabalhando como jornalista na Bahia e São Paulo. Foi um dos raros intelectuais que acompanhou o PC do B na ruptura de 1962. Nos anos 1970, destacou-se pela militância junto ao movimento negro brasileiro. Clóvis Moura produziu importante obra sociológica, histórica e poética.

Nos últimos anos, comunista sem partido, colaborou com o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), produzindo ensaios para a Editora Expressão Popular. Faleceu, em fins de dezembro, em São Paulo, aos 78 anos. Em 2003, passara longos meses internado devido a câncer na garganta. Intelectual marxista conseqüente, apaixonado pela vida, a sua e a dos outros, destacou-se pela retidão, perseverança e bom humor desbocado. Deixa saudades entre os que o conheceram pessoalmente ou através de sua obra.

“Clóvis Moura é um cientista social brilhante e disciplinado que sempre correu por fora da academia – solto, livre, nas franjas da interdisciplinaridade –, ainda que a academia brasileira tenha constantemente solicitado a sua presença em eventos, conferências, seminários e, especialmente, em exames de teses na qualidade de professor "notório saber", título que há anos lhe foi outorgado pela Universidade de São Paulo. E, assim, trabalhando nessa nesga não-institucional, onde as costumeiras dificuldades de pesquisador aumentam, consideravelmente, Clóvis Moura foi construindo, ele com ele, nos recantos de sua rica biblioteca, vasta e notável obra – histórica e sociológica – sobre a saga heróica do negro-escravo e do negro-quase-cidadão na sociedade nacional. Todos os estudiosos da questão racial brasileira estão familiarizados com seus livros, cujos títulos constam obrigatoriamente das bibliografias dos estudos que vão surgindo, por se constituírem em referências indispensáveis às reflexões científicas sobre essa temática a um só tempo tão apaixonada e tão apaixonante”.

Fonte: Grupo de Trabalho Clóvis Moura

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1980 - Mar Escravismo, Colonialismo, Imperialismo e Racismo
1980 - Set Devoremos a Esfinge antes que ela nos decifre - O Papel do Sociólogo numa Sociedade Democrática
1981 - Jun Lima Barreto e a Militância Literária
1981 - Nov Apresentação do texto "O Partido Comunista" de Graciliano Ramos
1981 Entrevista à Revista Movimento da União Nacional dos Estudantes
1983 - Mar Apresentação do texto "A Constituinte" de Graciliano Ramos
1984 Imprensa Negra
1986 Prefácio a Imprensa Negra Paulista
1987 Sacco e Vanzetti - Um crime que gerou protestos no Brasil
1988 - Mai Cem Anos de Abolição do Escravismo no Brasil
1988 - Jun Trajetória da Abolição em São Paulo: do Quilombismo Radical à Conciliação
1990 - Nov Atritos entre a História, o Conhecimento e o Poder
1993 - Out O Significado Político da Guerra de Canudos
1994 População e Miscigenação no Brasil
1994 - Fev Particularidades do Racismo Brasileiro
1994 - Out O Racismo como Arma Ideológica de Dominação
1995 - Jul A História do Trabalho no Brasil ainda não foi Escrita
1996 - Mai Florestan Fernandes e o Negro: Uma Interpretação Política
1999 - Mai As Atrocidades da Burguesia
2000 - Jul Nascimento, Paixão e Ressurreição de Casa-grande & Senzala
2001 - Jul Apresentação do livro "Os Quilombos na Dinâmica Social do Brasil"
2001 - Set Entrevista ao jornal A Notícia
2001 A Quilombagem como Expressão de Protesto Radical
???? Estratégia do Imobilismo Social Contra o Negro no Mercado de Trabalho
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo 16/02/2016
Última atualização 05/10/2019