Cinema e Revolução
As Memórias Não se Apagam
"Recupera a experiência revolucionária de uma das mais singulares personagens da resistência à ditadura nos anos 60, Alípio de Freitas. Este ex-padre nascido em Trás-os-Montes e emigrado para o Brasil conta na primeira pessoa alguns dos momentos mais marcantes que presenciou numa frase crucial da história do Brasil – a ditadura militar. Do treino em Cuba à prisão e às torturas numa fortaleza militar brasileira (onde estaria quando em Portugal ocorre a Revolução dos Cravos), Alípio narra alguns momentos de uma trajetória que vai culminar com a história sobre a canção de Zeca Afonso a ele dedicada, "Alípio de Freitas"." (fonte: C7nema)
capa

Direção: José Vieira Mendes

Para voluntariado, perguntas, comentários ou sugestões, entre em contato com o administrador da Seção em Português.
MIA Logo